CINEMA & EDUCAÇÃO

Dedicado a professores, alunos e amantes da 7ª Arte…

Morangos Silvestres

(Wild Strawberries/ Smultronstället)

 

Gênero: Drama

País: Suécia

Lançamento: 1957

Duração: 91 min

 

FICHA TÉCNICA

Direção: Ingmar Bergman

Produção: Allan Ekelund

Roteiro: Ingmar Bergman

Música: Erik Nordgren

Diretor de arte: Karl-Arne Bergman

Diretor de fotografia: Gunnar Fischer

Edição: Oscar Rosander

  

ELENCO

Victor Sjöström — Professor Isak Borg

Bibi Andersson — Sara

Ingrid Thulin — Marianne Borg

Gunnar Björnstrand — Evald Borg

Jullan Kindahl — Agda

Folke Sundquist — Anders

Björn Bjelfvenstam — Viktor

 

SINOPSE

Um velho médico viaja de carro para receber um prêmio e, durante o percurso, suas lembranças da infância suscitam questionamentos acerca da sua vida de médico e de suas atitudes passadas. Toda a trama é carregada de aspectos simbólicos, fortemente emocionais, característicos dos filmes de Bergman. Em uma das passagens, num pesadelo, o protagonista faz uma prova oral na faculdade de medicina e após uma série de respostas erradas é questionado sobre qual seria o primeiro dever do médico. Como não sabia a resposta, recebe o veredicto final do examinador: a solidão. O filme leva a refletir sobre a profissão médica e as consequências da progressiva perda de humanização e sensibilidade. O primeiro dever do médico era pedir perdão.

 

TEMA

Humanização da medicina.

 

PREMIAÇÕES

FESTIVAL INTERNACIONAL DE BERLIM (1958)

Recebeu o Urso de Ouro por Melhor Filme.

Recebeu o Prêmio FIPRESCI (Victor Sjöström).

 

BAFTA (1959)

Indicado na categoria de Melhor Filme.

Indicado na categoria de Melhor Ator (estrangeiro) (Victor Sjöström).

 

GLOBO DE OURO (1960)

Venceu na categoria de Melhor Filme (estrangeiro).

 

OSCAR (1960)

Indicado na categoria de Melhor Roteiro (original) (Ingmar Bergman).

 

CURIOSIDADE

– O filme está na lista de melhores filmes do Vaticano, recomendado pelo sua descrição da “jornada interior de um homem, do sofrimentos do remorso e ansiedade para uma sensação de paz e reconciliação”.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: