CINEMA & EDUCAÇÃO

Dedicado a professores, alunos e amantes da 7ª Arte…

O BANHEIRO DO PAPA

(El Baño del Papa)

Gênero: Drama

Duração: 97 minutos

Lançamento: 2007

Produção: Brasil / França / Uruguai

Classificação etária: 10 anos

 

Ficha técnica

Direção e Roteiro: César Charlone e Enrique Fernández

Produção: Elena Roux

Fotografia: César Charlone

Montagem: Gustavo Giani

Direção de arte: Ines Olmedo

Música: Luciano Supervielle e Gabriel Casacuberta

Figurino: Alejandra Rosasco

Estúdios: O2 Filmes / Laroux Cine / Chaya Films

Distribuição: César Charlone e Enrique Fernández

 

Elenco

César Trancoso – Beto

Virginia Mendez – Carmen

Virginia Ruiz – Sílvia

Mario Silva – Valvulina

Henry de Leon – Nacente

Jose Arce – Tica

Nelson Lence – Meleyo

Rosario dos Santos – Teresa

Alex Silva – Gordo Luna

Baltasar Burgos – Capitão Alvarez

Carlos Lerena – Soldado

 

SINOPSE

Em 1988, o papa João Paulo II visitaria a humilde cidade de Melo – que fica na fronteira do Uruguai com o Brasil. Os moradores mobilizaram-se numa série de preparativos para a chegada do religioso. Muitos moradores contavam com esse evento para mudarem de vida, muitos venderam casas, terrenos e outros pertences para comprar carnes, linguiças, pães e afins para abastecer o público esperado com comida suficiente. Nesse contexto aparece Beto (César Troncoso), um humilde cargueiro, que tem a ideia de construir um banheiro coletivo para o uso dos visitantes. Mas para torná-lo realidade ele terá que realizar longas e arriscadas viagens até a fronteira, além de enfrentar sua esposa Carmen (Virginia Mendez) e o descontentamente de Silvia (Virginia Ruiz), sua filha, que sonha em ser locutora de rádio.

 

CURIOSIDADES

– Estreia de César Charlone e Enrique Fernández na direção de longametragem.

 – César Charlone, uruguaio de nascimento, construiu carreira como diretor de fotografia no Brasil. Seu trabalho em Cidade de Deus, de Fernando Meirelles, acabou projetando-o mundialmente.

 

PREMIAÇÕES

FESTIVAL DE GRAMADO

Melhor Filme – Júri Popular

Melhor Ator – César Trancoso

Melhor Atriz – Virginia Mendez

Melhor Roteiro

Prêmio da Crítica

 

MOSTRA DE CINEMA DE SÃO PAULO

Prêmio Bandeira Paulista de Melhor Filme

 

FESTIVAL DE SAN SEBASTIÁN

Prêmio Horizontes

 

FESTIVAL DE CINEMA LATINO-AMERICANO DE HUELVA

Melhor Roteiro

 

FESTIVAL DE GUADALAJARA

Melhor Filme de Estreia

 

TEMA

Trabalho informal; desigualdade social; saneamento básico;

 

SUGESTÃO DE ATIVIDADES

 Por Mariana A. Costa

 

1 – Qual o tema do filme? O que os realizadores do filme tentaram nos contar? Eles conseguiram passar sua mensagem? Justifique sua resposta.

2 – Você assimilou/aprendeu alguma coisa com este filme? O quê?

3 – Algum elemento do filme não foi compreendido?

4 – Do que você mais gostou neste filme? Por quê?

5 – Selecione uma seqüência protagonizada por um dos personagens do filme, analise e explique qual a sua motivação dramática. O que sua motivação tem a ver com o tema do filme?

6 – Qual o seu personagem favorito no filme? Por quê?

7 – Qual é o personagem de que você menos gostou? Por quê?

8 – O filme exalta a esperança e a solidariedade mesmo em meio à miséria. Comente sobre isso escolhendo uma cena em que esses elementos apareçam.

9 – Considere o texto abaixo e o que entendeu do filme O BANHEIRO DO PAPA e responda as questões:

 TRABALHO FORMAL X TRABALHO INFORMAL

Os trabalhadores que têm registro em carteira e seus direitos trabalhistas garantidos, recolhendo uma taxa para a aposentadoria (contribuição ao INSS – Instituto Nacional de Seguridade Social), ou as pessoas que, mesmo trabalhando por conta própria (sem que estejam empregadas em empresas ou órgãos do governo), recolhem determinadas taxas, desenvolvem atividades que são chamadas de formais, ou seja, estão de acordo com uma série de leis que se referem ao trabalho e às atividades econômicas. Os trabalhadores que não estão nessas situações são chamados de informais.

(Anselmo Lázaro Branco,  http://educacao.uol.com.br/geografia/ult1694u77.jhtm)

 

 a)    Como o filme apresenta os cargueiros, seu cotidiano, suas dificuldades?

 b)    Quais são as condições de vida desses cargueiros e de suas famílias?

 c)    A partir da discussão do filme, relacione a realidade retratada no filme e a das cidades brasileiras, destacando semelhanças e diferenças entre essas realidades.

 

  

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: