CINEMA & EDUCAÇÃO

Dedicado a professores, alunos e amantes da 7ª Arte…

HOTEL RUANDA

(Hotel Rwanda)

 

Gênero: Drama

Duração: 121 min

Lançamento: 2004

País: Itália, África do Sul, EUA

 

FICHA TÉCNICA

Direção: Terry George

Roteiro: Keir Pearson e Terry George

Produção: Terry George e A. Kitman Ho

Música: Rupert Gregson-Williams, Andrea Guerra e Martin Russell

Fotografia: Vincent G. Cox e Robert Fraisse

Direção de arte: Emma MacDevitt

Figurino: Ruy Filipe

Edição: Naomi Geraghty

Efeitos especiais: Baseblack / Capital FX

Estúdio: United Artists / Lions Gate Films Inc. / Kigali Releasing Limited / Inside Track Films / Mikado Film S.r.l. / Industrial Development Corporation of South Africa / Miracle Pictures

Distribuidora: United Artists / Lions Gate Films Inc. / Imagem Filmes

.

ELENCO

Don Cheadle (Paul Rusesabagina)

Nick Nolte (Coronel Oliver)

Sophie Okonedo (Tatiana Rusesabagina)

Joaquin Phoenix (Jack Daglish)

Jean Reno (Sr. Tillens)

SINOPSE

Em 1994 um conflito político em Ruanda levou à morte de quase um milhão de pessoas em apenas cem dias. Sem apoio dos demais países, os ruandenses tiveram que buscar saídas em seu próprio cotidiano para sobreviver. Uma delas foi oferecida por Paul Rusesabagina (Don Cheadle), que era gerente do hotel Milles Collines, localizado na capital do país. Contando apenas com sua coragem, Paul abrigou no hotel mais de 1200 pessoas durante o conflito.

.

TEMA

Genocídio em Ruanda; Tutsis X Hutus; Intervenção da ONU no continente africano; África contemporânea;

CURIOSIDADES

– O diretor Terry George tinha o ator Don Cheadle em mente para protagonizar

Hotel Ruanda desde o começo de seu envolvimento no projeto. Vários estúdios chegaram a se interessar em produzir o filme desde que ele fosse estrelado por um ator mais conhecido, como Denzel Washington, Wesley Snipes, Mekhi Phifer e Will Smith, mas o diretor preferiu rodá-lo de forma independente e manter Cheadle no papel.

– O personagem de Nick Nolte foi parcialmente inspirado no general Roméo Dallaire, o oficial canadense que comandou as Forças de Paz das Nações Unidas durante o genocídio ocorrido em Ruanda.

– A 1ª versão do roteiro levou um ano para ser escrita. Durante este processo um dos roteiristas ligou para a embaixada de Ruanda em Washington, para solicitar informações sobre o caso. A mulher que o atendeu ao telefone era justamente um dos sobreviventes do caso retratado no filme.

– Os verdadeiros Paul e Tatiana Rusesabagina retornaram a Ruanda, juntamente com o diretor Terry George, para que pudessem realizar pesquisas para o filme. O trio foi recebido por várias pessoas da população local no aeroporto.

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: