CINEMA & EDUCAÇÃO

Dedicado a professores, alunos e amantes da 7ª Arte…

CHICO REI

Profª Mariana A. Costa

Gênero: Drama Histórico

Duração: 115 min.

Lançamento: 1985

País: Brasil

 

FICHA TÉCNICA

Direção e roteiro: Walter Lima Jr

Música: Wagner Tiso, Naná Vasconcelos

Fotografia: José Antonio Ventura e Mário Carneiro

Cenografia: Luiz Carlos da Silva, Carlos Liuzzi e Manoel Godinho Mendes Filho

Figurino: Laonte Klawa, Júlio Paraty e Jacque Monteiro

Edição: Mário Carneiro e Walter Lima Jr.

Distribuição: Embrafilme

 

ELENCO

Severo d’Acelino (Chico Rei)

Antonio Pitanga (Bené)

Cosme dos Santos (Muzinga)

Carlos Kroeber (Governador)

Anselmo Vasconcelos (Pascoal)

Cláudio Marzo (Felipe dos Santos)

Maria Fernanda (Nenzica)

Othon Bastos (Paranhos)

SINOPSE

O rei do Congo, Galanga (Severo d’Acelino), é aprisionado e vendido como escravo em meados do século XVIII e trazido num navio negreiro para o Brasil e vai trabalhar nas minas de ouro em Vila Rica. Chico Rei, como agora é chamado, vai escondendo pepitas no corpo e nos cabelos e consegue comprar sua alforria, assim como adquirir a mina Encardideira, tornando-se o primeiro negro proprietário. Chico Rei acaba associando-se a uma irmandade para ajudar outros negros na compra de sua liberdade, desafiando, assim, a ordem na sociedade brasileira do século XVIII.

TEMA

Escravidão; Mineração no Brasil colonial; Congadas; cultura africana;

PREMIAÇÕES

Festival de Brasília 1986

– Melhor figurino

Festival de Bogotá 1987 (Colômbia)

– Melhor filme sul-americano

– Melhor trilha sonora de filme sul-americano

CURIOSIDADES

– Baseado em argumento de Mário Prata, na tradição oral mineira, na poesia de Cecília Meireles e na memória do negro brasileiro.

– A história de Chico Rei, misto de fato e lenda, foi concebida como uma série de 12 capítulos para a televisão.

– A co-produção germano-brasileira foi tumultuada, com uma interrupção de quatro anos e uma batalha judicial em torno dos copiões.

– O longa-metragem resultante, montado em 1985, recebeu um tratamento de filme de aventura, realista e mágico ao mesmo tempo, com centenas de figurantes e recursos de aparente super-produção.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: